DNA – Paternidade

R$450.00

Exames genético para verificação de parentesco entre as partes investigadas.

Paternidade
– Suposto pai + Filho investigante
– Suposto pai + Filho investigante + mãe

Documentos necessários (com xerox)

– Documento oficial com foto
– Endereço completo das partes

Descrição

Com os perfis genéticos obtidos para cada indivíduo, são calculados o Índice de Paternidade (IP) e a Probabilidade de Paternidade (PP) de acordo com a frequência alélica encontrada na população brasileira (Aguiar et al, 2013; Raimann et al, 2012), assumindo-se uma probabilidade de paternidade a priori de 0,5. O IP indica as possibilidades de o filho requerente ser filho biológico do suposto pai contra a possibilidade de não ser. Já a PP representa a probabilidade, em porcentagem, do suposto pai testado ser o verdadeiro pai do filho requerente.
A análise de cada caso é dependente das informações fornecidas pelos envolvidos no momento da coleta do material biológico.

Este teste visa a identificação do vínculo genético de filiação entre o(a) filho(a) requerente e o suposto pai, a partir das amostras biológicas do filho requerente, mãe biológica do requerente e suposto pai. O exame baseia-se na investigação de informações em regiões cromossômicas altamente polimórficas denominadas STR´s (short tandem repeats). São analisados 22 marcadores STR autossômicos e 2 marcadores STR para a identificação do sexo dos periciandos (amelogenina e o DS391 do cromossomo Y). O laudo traz todas as informações referentes à coleta (local, data e responsável pela coleta e identificação), informações técnicas e cálculo do índice de paternidade. No resultado e conclusão são evidenciados os alelos obtidos e a probabilidade do suposto pai ser o pai biológico do filho testado.

Valor de referência: 99,99% = Inclusão / Menos de 3 Exclusões = Exclusão

* ATENÇÃO: É obrigatório o envio: formulário totalmente preenchido e assinado por todos os envolvidos; documentos obrigatórios indicados no formulário.

* Na ausência do envio de algum documento obrigatório ou da falta de preenchimento do formulário, o teste não será processado até que seja regularizado. A data de entrega do resultado será recalculada para o prazo do exame a partir da resolução da pendência.